Toda vez que você me vê – Palavrantiga

É verdade
Toda vez que você olhar
Vai ver o que tem de ver
Vai ver o que tem de ver

É verdade
Toda vez que você me olhar
Vai ver o que tem de ver
Vai ver o que vê em você

Ponho o meu rosto no espelho
Eu não reconheço a mim mesmo
Fecho os olhos, chego perto de enxergar
Tento me ver, antes de mirar você

Mas o vício do pensamento
É venda que encobre o tormento
A cegueira toda é tipo um jeito tolo de pensar

Atravessa a alma da gente
Sem aviso assim de repente
A certeza que me diz repara
É preciso confiar pra desvendar

E brilharão seus olhos outra vez
Depois de tão forte escuridão
Verá completamente quem eu sou
Então segure a minha mão
Que essa luz resistirá!

Toda vez que você me vê!
Toda vez que você me vê!
Toda vez que você me vê!

Você me vê
Você se vê

Anúncios

Feixe de luz

No meio das trevas se houve uma luz .
Uma luz que me puxou da escuridão
Escuridão que me tornava um boneco de plástico,
Me sentia como uma parte da escuridão ,
Mas houve esse feixe de luz resgatando a essência que nunca se perdeu

Apenas adormeu.


Olha eu aqui novamente , fiquei sumida por algum tempo , basicamente desdo ano passado por motivos de mudanças e pessoais, por conta dessa mudança eu tinha resolvido parar com algumas coisas na minha vida ….. Mas estou voltando o Diferentes Tons pois é uma paixão minha então vou continuar fazendo oque eu gosto de fazer , e pretendo não parar novamente .

Beijos!

Partiu – Palavrantiga

Não,não tem como fugir,não
Põe na história o seu dom,

Vai,é a hora de ir.

Tua fé abriu um caminho bom

Siga agora o teu sonho,vai.

Se essa e sua dor,põe sobre ela sorte

Todo o teu amor que você lhe escondeu,vai.

Partiu,foi embora

Sem mais desculpas

Se libertou 

E partiu,foi pra rua 

Sem mais desculpas

Um mundo inteiro ouviu você

Tão perto o amor sincero.

Não,não tem como fugir,não

Põe na história o seu dom,

Vai,é a hora de ir.

Tua fé abriu um caminho bom

Siga agora o teu sonho,vai.

Se essa e sua dor,põe sobre ela sorte

Todo o teu amor que você lhe escondeu,vai.

Partiu,foi embora

Sem mais desculpas

Se libertou 

E partiu,foi pra rua 

Sem mais desculpas

Um mundo inteiro ouviu você

Tão perto o amor sincero.

Vozes que não se calam

Vozes
Vozes que não se calam,

Tento em vão acalma-las,

Como um interruptor,mas do que adianta?
Se uma hora ou outra,elas sempre estão ao meu redor.

Como se cada uma delas,
Consumisse todos os dias um pouco de mim.

É muito pedir que elas cessem?
Claro que não,

Aliás é uma decisão nossa,
Se queremos escuta-las ou não, ou qual das vozes iremos escutar e seguir.

Iremos escutar a voz da ignorância ou a voz do entendimento?

O não,ou o sim?

A hipocrisia ou a verdade?

O certo ou o errado?

O comum ou o incomum?

A razão ou a irracionalidade?

A corrupção ou a integridade?

O ódio ou o amor?

O recíproco ou o irrecíproco?

A certeza ou a dúvida?

A paz ou a guerra?

Ao longo de nossa existência,

Uma coisa consiste em simultaneidade,todos nós temos a nossa batalha contra o medo de fracassar,errar,de não ser bom o bastante, medo do que as pessoas irão pensar.

Há tantas outras coisas que podemos fazer,
Mas das coisas que são mais essenciais,
Existem apenas duas.
E das duas vozes que optamos,
A paz irá vencer.

Há fé, e na onde há fé existe esperança,

Precisamos estar acordados ,
Pois as vozes não se calam.

E estar acordados consiste em  pensar,
E pensar consiste em viver uma vida de verdade,

Pois sempre queremos as coisas mais fáceis da vida, 
Mas esquecemos que as difíceis tem mais valor.

Por vezes,as pessoas só estão lá pra esperar qual vozes iremos ouvir,

Prontas para apontar o dedo,se você não seguir as vozes padrões, 
Que todos ouvem.

E se eu não quiser ser mais um dos modelos padrões?

Prefiro ser contra a maré, do que me tornar mais um padrão da sociedade.

A cidade está cheia de atores, na cidade tem gente que não consegue ver,
Mas os outros estão surdos para a realidade.


 

Tag: The Versatile Blogger Award |#4

versatile-blogger-award.jpgOlá leitores!
Tudo bom?

É com uma imensa gratidão que  venho lhes informar que fui indicada pela K Wade do Luz, Câmera, Textão e a Fernanda Magalhães do Até A Última Página ao prêmio The Versatile Blogger Award . Gosto muito do blog delas, no Luz,Camêra,textão tem uns textos muito lindos , que nos levam a parar um pouco e pensar verdadeiramente em como estamos lidando com o nosso próprio mundo, afinal é o que mais esquecemos as vezes,  e fala de tudo um pouco ,sobre beleza, e também sobre o  maravilhoso cabelo ruivo dela, confiram lá, que vocês vão adorar.

Ah o da Fernanda,blog maravilhoso, lá vocês encontram resenhas muito bem inscritas e elaboradas e livros fantásticos,indicações,afins, amo ler suas resenhas, ainda mais quando estou sem idéia de que livro ler,aliás já li vários livros por indicação dela. Dêem uma passadinha lá, e se surpreendem.

K Wade muito obrigada pela indicação , é bom saber que o nosso trabalho de forma geral tem sido reconhecido, e continue com o seu trabalho , que você vai longe. 😘

Fernanda meu muito obrigada,de verdade rsrs, me surpreendeu quando vi a notificação, sei que demorei responder,desculpe. Mas é muito bom saber que tens acompanhado o blog, essa indicação me incentiva mais ainda.

O Versatile Blogger Award é uma iniciativa para que blogueiros destaquem o trabalho de outros blogueiros, se ajudando mutuamente, afinal é disso que a blogosfera se alimenta: compartilhamento.”
Eu amo responder essas TAGS, porque assim vocês me conhecem mais, e ainda acabo conhecendo blogs novos.
Agora sem mais de longas , vamos as regras. Ao receber a nomeação ao prêmio, devemos:


1 – Amo artes cênicas, livros (comecei a ler, quando entrei no teatro) , música principalmente (não consigo ficar um dia sem escutar ) , amo dançar desde pequena , depois farei somente um post sobre minha última apresentação, que foi incrível.

 2 – Isso é um fato , e também uma novidade, terminei meu livro, estava na finalização dele( por isso não andei postando nada ultimamente, estava uma correria), logo mais posto mais informações sobre o livro pra vocês. 

  3 – Tenho aracnofobia.

4 – Já escrevi ao total 5 livros. E já comecei a escrever outros dois.
 

5 – Sou muito tímida (ao extremo, até que melhorei mais).

6 – Fiz curso de teatro para me livrar da timidez, mas acabou virando uma paixão.

7 – Desenho desde pequena, e pretendo cursar designer de moda, juntamente com outros cursos.

É isso, espero que tenham tido pelo menos uma noção de mim hahaha.

Beijos!

Até a próxima. 

Antes do Final

 

Antes do rock soar
Antes do carnaval
Antes de tudo, ouvi.

Antes de chegar
A luz do amanhecer
A grande onda no mar

Antes de tudo, eu vi.
Antes de toda razão
Antes de pouco entender
Antes da base tremer
Antes de tudo, senti.

Antes de escurecer
Antes do palco mudar
Antes do amor esfriar
Antes de tudo, perdão.

Não espera o amanhã
Não espera bater
Não aguarde a sua banda passar
Não espera entender
Não espera enxergar
Não aguarde a história acabar
Não espera o amanhã
Não espera bater
Não aguarde a sua banda passar
Antes pede perdão,
Antes do final.

Noites frias

menina_andando-preto_e_branco

Ela sempre com aquele jeito dela,

Nas noites mais intensas,e frias….

Aqueles olhos,aquele riso,aquelas,de me perder em seu olhar,de não ser esta,ou outra,simplesmente me perdia na beleza dela.

Tão bela,

Arrancava suspiros na passarela,

Ela sempre tão ela.

Em busca da exatidão da palavra certa para descreve-la,

Talvez donzela?!!

Ela é como uma estrela no meio de muitas outras que se revela.

Sempre a via pela vidraça da janela,

Sempre proferindo teor em amor,

Dor em amor,

Desamor no amor,

Temor em amor.

Não é atoa que amor rima com dor, mas pra ela não existe dor, pois está sempre de bom humor.

Me encanto como ela colore a vida, sem duvidas,sempre ávida.

Com os olhos sempre distraída,por vezes passava em frente a ela, sentindo seu perfume de avelã,

Sempre via ela,

Com os cabelos aos ventos,

Com sua risada extravasada, olhando pra mim.

Como uma memória nunca ouvida, ou simplesmente esquecida.

Mas estava lá, á observando.

 

Tendência dos coturnos

Olá leitores, tudo bom?

Quem me conhece,sabe que eu amo, usar coturnos,são confortáveis,por ser aquele sapato base que combina com quase tudo,eles tem se tornado essênciais nos looks de várias mulheres. Ainda mais nesse inverno,ele foi uma das maiores tendências que bombaram junto com a meia- calça arrastão,não só eles,tivemos várias tendências fantásticas nesse inverno,podendo usa- los em várias ocasiões.

Não só no inverno,como também na primavera que está chegando,e promete arrasar nas tendências de primavera. Dá pra combinar com vestidos de estampas florais,das mais básicas,ás,mais ousadas.

Os coturnos se parecem muito com aquelas botas militares,foi daí que surgiu a ideia dos coturnos,mas ao decorrer do tempo foram ficando mais versátil, um mais lindo,do que o outro, os de cano curto,e com cadarços combinam com vários looks: com vestidos;que gosto demais,é meu preferido,só coloco um vestido com uma meia calça ou sem,e o coturno,fica simplesmente maravilhoso e estiloso, também combina com shorts e saias. Costumo falar que não precisa ter medo,se joga,faça seu próprio estilo com os coturnos.

Geralmente uso também bastante, com saias,coloco uma blusa básica mesmo, com uma saia de cintura alta e pronto. O bom dos coturnos é que eles não saem da moda , pelo o menos pra mim,se sair eu vou e reenvento novamente, tem vários estilos,para cada gosto,é bom que ao mesmo tempo ele tem uma pitada de rústico,mas  é versátil.

Pra quem quer usar uma coisa mais despojada,os coturnos,são uma boa pedida.

Inspirações de idéias de looks com coturnos:

IMG-20170808-WA0003IMG-20170808-WA0002IMG-20170808-WA0006IMG-20170808-WA0013IMG-20170808-WA0020IMG-20170808-WA0019IMG-20170808-WA0018IMG-20170808-WA0015IMG-20170808-WA0012IMG-20170808-WA0008IMG-20170808-WA0021

Até a próxima.

Beijos!!


Verão inesquecível

IMG-20170805-WA0001

Era necessário te deixar ir

Sentia cada vez que te perdia como se você estivesse escorregando ,por minhas mãos, pronto para partir.

Muitas pessoas passam por nossa vida e nem sabe os efeitos que causam , algumas permanecem , outras não.

Oh verão inesquecível.

Lembro-me do teu caloroso sorriso, a cada manhã via perfeitamente gratidão em teu rosto incrível.

Lembro-me como se fosse hoje do teu olhar, da forma como sorria com os olhos. Isso mesmo sorria com os olhos, da forma mais pura.

Ás vezes pensei que nunca iria durar, a cada dia que se aproximava o fim do verão, era como um tapa em minha cara, para a realidade, nostalgia sempre indo e vindo, em meus olhos eu vejo o passado, ao longo de nossos dias tentávamos preencher lugares através de uma lente e molduras improvisadas.

O verão você gastou cantando sobre mim
Meus cabelos aos ventos, emaranhando nas folhas.
O sal do oceano, e as folhas do outono,
Os aromas das flores, do meu perfume.

Ah, como eu temo essa brisa familiar
Para o que ela me traz.

 

[Resenha]Obsidiana Saga lux vol. 1- Jennifer L. Armentrout

 Olá leitores, tudo bom ? 

Obsidiana foi um daqueles livros que o que mais me chamou atenção , foi a capa , que capa né?!!!Pensa em uma pessoa que não ficou nem um pouco ansiosa e curiosa , tanto é que quando a editora valentina lançou ele aqui no Brasil (tava demorando ) , fui correndo comprar ele, já li ele algumas vezes rsrs Primeiramente julguei ele pela capa que foi um dos meus maiores erros, eu pensava que ele seria aquela coisa toda clichê de livro de ficção/romance , mas foi pra calar minha boca.

AdobePhotoshopExpress_5f3153acae5d483eaed96a1d79086437

A história começa com a nossa protagonista principal Katy se mudando juntamente com sua mãe para katterman uma cidade que fica no meio de West Virginia (tadinha não tinha nem idéia que Katterman era a cidade das estranhesas), seu hobbie preferido e ler livros e resenhar em seu blog.

Olhei para a pilha de caixas no meu quarto novo e desejei que a internet já tivesse sido instalada. Não poder acessar meu blog Literário desde a mudança era como ficar sem um braço ou uma   perna .

Katy e sua mãe decidiram recomeçar a vida depois de três anos , após a perda de seu pai, mudando para Katterman e deixando pra trás tudo o que ás faziam lembrar dele , começar de novo não é fácil, ainda mais em um lugar que você não conhece ninguém. Katy resolveu seguir as insistências de sua mãe e fazer amizade com seus novos vizinhos. Mal sabia que a partir do momento que ela batesse na porta dos vizinhos ao lado sua vida viraria de cabeça pra baixo completamente em um piscar de olhos.

katy conhece Daemon , um cara arrogante, irritante e lindo daquele tipo que qualquer menina suspiraria só de ele passar perto .

Ele levantou os cílios, revelando olhos tão verdes e brilhantes que não podiam ser de verdade. A cor de esmeralda era intensa e contrastava com sua pele bronzeada.

-Oi ? Você é muda? -Ele falou mais uma vez,se apoiando com uma das mãos no batente da porta. Respirei fundo e dei um passo pra trás, sentindo o rosto queimar de vergonha.

Ele é um verdadeiro babaca com ela, daqueles que dá vontade até de socar a cara, ela se irrita e saí de seu caminho.

Eu costumava evitar todo tipo de confronto , mas esse cara conseguiu ligar meu interruptor de barraqueira como ninguém.

No mercado que ela conseguiu achar graças as informações do arrogante Daemon, ela encontra uma menina chamada Dee que de cara ela descobre que ela é irmã gêmea do Daemon, por sua aparência e os incríveis olhos verdes esmeraldas, Dee toda fofa , amiga e meiga , pede desculpas pela grosseria de seu irmão, e daí em diante Dee e Katy começam a passar bastante tempo juntas, rapidamente se tornam amigas, mas Daemon não gosta nem um pouco dessa amizade que pode colocar em risco a vida de sua irmã , o que acaba tendo um comportamento arredio, grosseiro como sempre ,e protetor até demais.

Ele faz de tudo para afastar a irmã de ser amiga da Katy, porém Katy começar a  achar que o problema e com ela , pois Daemon a despreza e a ridicularizava sempre que estão pertos, o que a leva a se questionar a respeito de algumas coisas estranhas que sempre acontece quando ela esta com algum dos gêmeos, que esconde um grande segredo de suas verdadeiras origens , até que ela começa a ligar os fatos.

Com isso Daemon vai se aproximando dela para protege-la de seus inimigos , mas vai além disso, por mais que ele não queira aceitar e uma turbulência de sentimentos que se passam entre os dois durante a história, pois Katy pode ser sua ruína em meio ao caos .Os dois constroem uma química perfeita sem nem mesmo perceber.

Que enredo e esse??? É arrebatador esse livro, do tipo que voce não quer parar de ler até terminar- lo , porque a cada página a autora nos pega com um mistério que te joga em uma bolha de sentimentos, em cada situação você se sente desesperadora com o que vai vim a ser descoberto. Amo a escrita da Jennifer L. Armentrout, é eletrizante e ao mesmo tempo envolvente. Amei cada cena, parece até que ele faz parte de mim agora , não consigo mais viver sem a Saga Lux , espero que a Editora Valentina lance toda a Saga e com os contos também, tem horas que dá vontade de socar a cara de Daemon pelas atitudes dele , oh homem gato esse viu? Ve se não dá um odio.

Daemon levantou a cabeça enfiada no pescoço de Ash só o suficiente para me lançar um olhar descontente.

-Acho que é bem obvio se você é bem-vinda ou não.

A tensão entre Daemon e Katy acaba aumentando cada vez mais, aí toda hora você pensa”Agora vai rolar aquele beijo”, a autora conseguiu colocar umas partes bem hilárias no livro, ri muito, me desesperei , chorei, ainda me pergunto como Dee e Daemon podem ser gêmeos? Tão diferentes um do outro, Daemon tão arrogante, e Dee tão meiga , mas ao mesmo tempo ele é um baita protetor, os seus inimigos que estão atrás deles são assustadores e cruéis, tem muita aventura, recomendaria muito se você curte romance, aventura, young adult, porque não é aquele livro que o autor só fica focando no romance dos personagens, ela consegue colocar o romance e a ficção científica ao mesmo tempo com a mesma intensidade.

Obsidiana é o primeiro livro da Saga Lux publicado pela editora Valentina que amo de paixão, a saga contém 5 livros , três já lançados aqui no Brasil.

1-Obsidiana -Saga Lux vol. 1

2-Ônix -Saga Lux vol. 2

3-Opala -Saga Lux vol.3

Ficha técnica:

Obsidiana-209x300 (2)

Título: Obsidiana – Saga Lux vol. 1
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Sinopse:

Começar de novo é um saco.

Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices…Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm…os prognósticos estavam melhorando.

Até que…ele abriu a boca.

Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.

O alien gato (meu vizinho) tem poderes!!!

Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como árvore de natal e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Daemon até a magia alienígena desaparecer.

Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.

Abraços

Até a próxima